Quase um dadaísmo tecnológico coletivo


Que maravilha de tecnologia!

O uruguaio Jorge Drexler está desenvolvendo um projeto em que divide a composição das novas canções com o público, utilizando um aplicativo para smartphones. O cantautor disponibiliza a melodia e opções de versos que se encaixam nela. E nós podemos escolher aleatoriamente ou com alguma intenção criativa a sequência da letra.

A proposta quase dadaísta e o uso da tecnologia edifica Jorge Drexler como artista inquieto e contemporâneo. Eu já sabia! hehe.

Saiba mais no site do músico.

Postagens mais visitadas