Dupla do sul


Há dois compositores sul-rio-grandenses que se desgrudaram do que se convencionou chamar de nativismo, ou regionalismo, e dialogam com a cidade desde a década de 1980. Neste início de século, continuam dedicando-se a uma música contemporânea, identificados com as origens culturais da velha região do Prata (hoje sul do Brasil, Uruguai e Argentina).

Além de outros, mas os dois em especial.

E não é que se juntaram!

Postagens mais visitadas