sobre A Linha Fria do Horizonte


Enquanto aguardamos o lançamento do filme A Linha Fria do Horizonte, que promete traçar o panorama da música que hermana Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina, vamos lendo dois artigos sobre o tema:


Do frio para o mundo: a estética da música platina
Texto do jornalista Guilherme Cruz sobre o filme.

"No canto do Sul da América existe um território que possui bandeira e hino, longe do discurso separatista que muitos lhe julgam e longe também das padronizações estilísticas. "A Linha Fria do Horizonte" é um documentário que intercepta estas fronteiras entre a estética do frio, o templadismo e os subtropicalistas."


"Abordo as perspectivas teóricas em espaço e cultura, inseridos no âmbito da geografia humanista e cultural renovada e da geografia das representações, que dão conta da interpretação que faço sobre das canções e dos universos musicais de tais compositores. Esses dois universos musicais  –  a “Estética do frio” de Ramil e o Templadismo de Daniel Drexler – apontam para uma representação do espaço platino através da paisagem, que atua como definidora de uma identidade regional do Prata."

Postagens mais visitadas